Sector da Saúde (quase) Pronto para a II Fase De Vacinação contra a Cólera

O Sector da Saúde em Sofala está a passos largos para a realização da II Fase de Vacinação contra a Cólera. Presentemente decorrem acções de mobilização comunitária com vista a maior adesão na Campanha.

Na passada sexta-feira, 05, assinalou-se no Aeroporto Internacional da Beira, a recepção de cerca de 900 mil doses da Vacina contra a Cólera, testemunhado pelo Director-Geral Adjunto do Instituto Nacional de Saúde, pela Médica-chefe Provincial de Sofala e parceiros de Cooperação, designadamente OMS e UNICEF.

Falando momentos após a entrega simbólica pelos Parceiros à Província, de uma caixa contendo a vacina, o Director-Geral Adjunto do Instituto Nacional de Saúde, Dr. Eduardo Samo Gudo, disse ser de extrema importância que "todas as pessoas com idade igual ou superior a um ano tomem a vacina pois só assim podem se prevenir da cólera e criar imunidade por cerca de 5 anos".

Samo Gudo considerou que a toma desta vacina é ainda relevante pois se aproxima a época chuvosa e com ela muitos riscos associados.

"A época chuvosa se aproxima e há o risco de eclosão da Cólera, daí mais uma vez o apelo que fazemos para que todos adiram aos postos de Vacinação que serão instalados nos 6 distritos. Por outro lado, queremos lembrar que à par da vacinação é importante que sejam observadas as medidas básicas de higiene para uma maior e efectiva prevenção à cólera".

A Médica-Chefe Provincial de Sofala, Dra. Priscila Filimone, disse estarem "quase" criadas todas as condições para o arranque da Campanha de Vacinação.

"Como sector estamos a nos preparar para administrar esta segunda dose da vacina contra a Cólera que vai decorrer de 15 a 19 de Julho corrente. Estão em curso actividades de mobilização ao nível dos bairros e localidades e contamos neste processo com o apoio de líderes comunitários e outras forças vivas da sociedade para sensibilizar que todo o nosso público-alvo vacine".

Ainda segundo Priscila Filimone, com vista ao alcance da cobertura que é de vacinar cerca de 850 mil pessoas, o sector da Saúde em Sofala irá trabalhar durante a campanha "com 350 equipas, perfazendo 1850 pessoas entre técnicos da Saúde e activistas".

Por seu turno, na voz do Dr. Frederico Brito (do UNICEF), em representação dos Parceiros de Cooperação que apoiaram na aquisição desta vacina para o país, houve a garantia do comprometimento destes para o sucesso da campanha.

"Queremos como Parceiros do Ministério da Saúde renovar o nosso compromisso em trabalhar para o sucesso e bem-estar da Saúde dos moçambicanos. Esta vacina é a pedido do Ministério da Saúde e estamos cientes de que terá um impacto positivo muito grande na prevenção da cólera na província de Sofala, e sobretudo numa altura em que se aproxima a época chuvosa".

A segunda fase de vacinação contra a Cólera em Sofala irá abranger os distritos da Beira, Dondo, Buzi, Nhamatanda, Muanza e Cheringoma.

MISAU-GCRP