Epidemiologistas Moçambicanos Condecorados na Uganda

A capital da Uganda, Kampala, acolheu no passado dia sete de Maio corrente, a cerimónia de lançamento do Corpo de Detectives de Doenças (AFENET - ACoDD), um serviço voluntário civil de epidemiologistas de campo, com base na abordagem de uma única saúde, criado com o objectivo de garantir a utilização eficiente dos recursos humanos dos Programas de Treinamento em Epidemiologia de Campo (FETPs) de modo permitir uma resposta rápida e eficiente aos surtos e outras doenças epidémicas ao nível do continente africano.

Durante a cerimónia, os epidemiologistas de campo do Instituto Nacional de Saúde (INS), Cristolde Salomão (INS-sede) e Crescêncio Nhabomba (INS-CIOB), ambos formados em epidemiologia de campo e membros da AFENET, receberam uma condecoração, como forma de reconhecimento das suas competências.

Segundo Cristolde Salomão, a condecoração é resultado de comprometimento que tem demonstrado nas actividades de investigações de surtos que tem realizado ao longo do país em prol do bem-estar de saúde das comunidades.

O estabelecimento do ACoDD é um feito importante para o país pois, passa a contar com uma equipa que irá identificar, investigar e controlar rapidamente os surtos de doenças e outras emergências de saúde pública, antes da sua propagação.

O evento contou com a participação dos representantes do Ministério da Saúde de Uganda, do CDC, OMS, direcção do AFENET, entre outros convidados.