Zambézia discute resultados de Pesquisa em Jornadas Provinciais de Saúde

Decorreu de 15 a 16 de Agosto de 2019, as II Jornadas Provinciais de Saúde da Zambézia, sob o lema “Pesquisa como alavanca na tomada de decisão para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde”. O evento que teve lugar na cidade de Quelimane foi organizado pela Direcção provincial de Saúde da Zambézia e contou com a participação de investigadores nacionais, académicos, profissionais e gestores de saúde de diferentes níveis na província e organizações não-governamentais que actuam na área de saúde.


Na cerimónia de abertura, Abdul Razak, governador da província da Zambézia, apontou para a necessidade de massificar a investigação ao nível local de maneira a gerar informação para a mudança de práticas, com vista a melhorar a qualidade de serviços de saúde. Por outro lado, o governante realçou a necessidade de avaliação periódica das acções programáticas desenvolvidas pelo sector de saúde, de maneira a verificar o impacto das acções e traçar plano de melhoria se necessário. 


O painel de abertura das jornadas contou com a presença de Armindo Tiago, investigador e vice-reitor da Universidade Eduardo Mondlane que apresentou e discutiu sobre o duplo peso das doenças (infecciosas e crónicas) em Moçambique. O painel contou igualmente com a presença de Inácio Mandomando, Investigador no Centro de Investigação da Manhiça - CISM, Sérgio Chicumbe, investigador e coordenador do programa sistemas e políticas de saúde no Instituto Nacional de Saúde - INS, Nédio Mabunda, investigador e chefe do Departamento de Pesquisa do INS, e Noé Massango, Médico internista no Hospital Central de Quelimane). 


As sessões de apresentação de resultados de pesquisa contam com vários estudos ligados aos eixos temáticos de epidemiologia, clínica, sistemas de saúde, entre outros, realizados por investigadores, trabalhadores de saúde e estudantes.