Mais de vinte técnicos formados em Monitoria e Avaliação da Malária

O Instituto Nacional de Saúde coordenou, de 31 de Julho a 06 de Agosto, no Matola City Village – Cidade da Matola, a Formação de Monitoria e Avaliação em Malária, que teve como objectivo reforçar a capacidade de técnicos provinciais responsáveis pela colheita, agregação, análise, interpretação e apresentação de dados, incluindo uso de dados para tomada de decisão.

Foram ministrados no evento temas como: conceitos de monitoria e avaliação; indicadores da malária, conceitos de vigilância, surtos; fontes de dados sobre a malária em Moçambique; visualização e interpretação de indicadores manuseio de casos; canal endémico; exercícios - criação do canal endémico por província e discussão sobre resposta adequada ao aumento de casos de malária.

A formação contou com a participação de 22 técnicos (11 técnicos provinciais de malária e 11 técnicos provinciais responsáveis de monitoria e avaliação de malária).